Assunção Cristas acusa Governo de não estar a cumprir a sua “quota parte” na agricultura
Quinta, 30 Agosto 2018 18:40    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

assuncao cristas press copyA líder do CDS-PP disse hoje que a agricultura é “um parente pobre” do Governo, alertando que o executivo de António Costa não está a cumprir a sua “quota parte” neste setor.

“O Governo não está a cumprir a sua parte nesta matéria, não dá prioridade à agricultura e eu não posso perder uma oportunidade de denunciar isto mesmo e de chamar à atenção o Governo, o senhor ministro da Agricultura e o senhor primeiro-ministro, porque a agricultura tem sido também um parente pobre neste Governo”, afirmou Assunção Cristas durante uma visita à Feira Agrícola do Norte – AgroSemana, na Póvoa de Varzim, no distrito do Porto.

A líder centrista salientou que, se Portugal quer ter uma agricultura renovada, sofisticada e que aproveite as melhores tecnologias, compete ao Estado mobilizar os fundos europeus e nacionais para que isto aconteça.

“Não é admissível que hajam concursos por decidir ou verbas por atribuir há mais de um ano, que o Programa de Desenvolvimento Rural [PDR] esteja parado e que as pessoas queiram investir e que, por vezes, tenham projetos aprovados, mas não tenham cabimentação orçamental para lhes poderem dar seguimento”, disse.

A líder do CDS-PP garantiu que o partido continuará a denunciar estas situações no Parlamento porque “não é aceitável” que o PDR 2020 tenha uma baixa execução e que as pessoas estejam à espera dos fundos.

“É extraordinariamente importante que nós apoiemos a produção nacional e valorizemos o nosso produto”, salientou.

Questionada sobre o pedido de apoio dos vitivinicultores ao Governo, depois de prejuízos de milhões devido ao calor, Assunção Cristas reforçou que o clima está cada vez mais incerto, tendo de haver mecanismos preventivos para essas situações.

“Em todo o caso tem de haver cuidado e atenção permanente a este setor que é coisa que, infelizmente, não acredito que esteja a existir porque ando por todo o país, ouço muitas queixas e vejo muita vontade de investir, mas infelizmente o Governo não tem estado a acompanhar essa vontade”, ressalvou.

Para Cristas, o Governo tem de mobilizar verbas porque se trata de crescimento económico, de produção nacional e de criação de emprego.

Actualizado em ( Sexta, 31 Agosto 2018 09:20 )
 

História CDS

user4_pic

Conheça a história do Grupo parlamentar do CDS.

Parlamento Direto

bancada copy

Videos do Plenário, comissões e outras intervenções.

Iniciativas CDS

1 reuniao gp

Projetos de Lei e Projetos de Resolução apresentados pelo Grupo Parlamentar.

Deputados CDS

News image

Assunção Cristas

Círculo Eleitoral Leiria Presidente do CDS-PP

News image

Nuno Magalhães

Círculo Eleitoral Setúbal Presidente do Grupo Parlamentar Vice-Pres...

News image

Cecília Meireles

Círculo Eleitoral Porto Vice-Presidente do Grupo Parlamentar Vic...

News image

Telmo Correia

Círculo Eleitoral Braga Vice-Presidente do Grupo Parlamentar

News image

Hélder Amaral

Círculo Eleitoral Viseu Vice-Presidente do Grupo Parlamentar

News image

Teresa Caeiro

Círculo Eleitoral Faro Vice-Presidente da Assembleia da República

News image

António Carlos Monteiro

Círculo Eleitoral Aveiro Secretário da Mesa da Assembleia da Repúblic...

News image

Álvaro Castello-Branco

Círculo Eleitoral Porto

News image

Ana Rita Bessa

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Filipe Anacoreta Correia

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Ilda Araújo Novo

Círculo Eleitoral Viana do Castelo

News image

Isabel Galriça Neto

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

João Gonçalves Pereira

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

João Pinho de Almeida

Círculo Eleitoral Aveiro

News image

João Rebelo

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Patrícia Fonseca

Círculo Eleitoral Santarém

News image

Pedro Mota Soares

Círculo Eleitoral Porto

News image

Vânia Dias da Silva

Círculo Eleitoral Braga