Tancos: CDS exige saber "grau de envolvimento" do ministro
Quinta, 04 Outubro 2018 11:48    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

nunomagalhaes encerramento vianaO CDS-PP remeteu hoje para a comissão de inquérito apurar “o grau de conhecimento e envolvimento” do ministro da Defesa no processo de recuperação das armas roubadas em Tancos, em 2017, e insistiu na demissão de Azeredo Lopes.

O CDS convocou os jornalistas, no parlamento, para uma declaração, horas depois de a edição “on-line” do semanário Expresso ter noticiado que o ex-porta-voz da Polícia Judiciária Militar (PJM), Vasco Brazão, detido do processo, disse ao juiz de instrução que Azeredo Lopes foi informado do encobrimento da alegada encenação em torno da recuperação das armas, em outubro de 2017, cinco meses após o furto.

Nuno Magalhães, líder parlamentar do CDS, que propôs uma comissão parlamentar de inquérito ao caso de Tancos, disse não comentar notícias que partem de “da violação do segredo de justiça no âmbito de um processo judicial”, dizendo saber separar o que é da justiça e o que é da política.

Mas, na comissão de inquérito, quando estiver em funcionamento, os centristas querem “saber o grau de envolvimento, de conhecimento, atos e omissões do Governo em geral e do ministro da Defesa em particular”.

"Aquilo que é dever do parlamento é apurar o grau de conhecimento e envolvimento quer no furto de Tancos, sua gestão, quer depois na recuparação do material, da parte do ministro e do Governo", disse.

Nuno Magalhães defendeu ainda que, como vem repetindo há meses, o ministro “não tem condições” para continuar no cargo.

Sem comentar as notícias dos últimos dias, em torno de uma alegada encenação, pela PJM, da recuperação do armamento, e a hoje o presumível conhecimento do ministro, o líder da bancada centrista diz que não tem motivo para alterar a sua posição.

“Tudo o que vai acontecendo parece reforçá-la”, disse.

A "cada día que passa", torna-se "mais evidente, mais claro" a "importância e necessidade desta comissão de inquérito", acrescentou.

Mais do comentar as notícias sobre as declarações do ex-porta-voz da PJM e detido no âmbito do processo relativo à recuperação das armas, Nuno Magalhães afirmou que "o importante é mesmo" ouvir, entre outros, os depoimentos de Azeredo Lopes e de Vasco Brazão.

A Assembleia da República vai debater e votar em 24 de outubro a proposta do CDS-PP de criação de uma comissão parlamentar de inquérito sobre as consequências e responsabilidades políticas no furto de armas em Tancos.

O furto de material militar dos paióis de Tancos - instalação entretanto desativada - foi revelado no final de junho de 2017.

Entre o material furtado estavam granadas, incluindo antitanque, explosivos de plástico e uma grande quantidade de munições, tendo sido anunciada a sua recuperação em outubro, na Chamusca, distrito de Santarém.

 

História CDS

user4_pic

Conheça a história do Grupo parlamentar do CDS.

Parlamento Direto

bancada copy

Videos do Plenário, comissões e outras intervenções.

Iniciativas CDS

1 reuniao gp

Projetos de Lei e Projetos de Resolução apresentados pelo Grupo Parlamentar.

Deputados CDS

News image

Assunção Cristas

Círculo Eleitoral Leiria Presidente do CDS-PP

News image

Nuno Magalhães

Círculo Eleitoral Setúbal Presidente do Grupo Parlamentar Vice-Pres...

News image

Cecília Meireles

Círculo Eleitoral Porto Vice-Presidente do Grupo Parlamentar Vic...

News image

Telmo Correia

Círculo Eleitoral Braga Vice-Presidente do Grupo Parlamentar

News image

Hélder Amaral

Círculo Eleitoral Viseu Vice-Presidente do Grupo Parlamentar

News image

Teresa Caeiro

Círculo Eleitoral Faro Vice-Presidente da Assembleia da República

News image

António Carlos Monteiro

Círculo Eleitoral Aveiro Secretário da Mesa da Assembleia da Repúblic...

News image

Álvaro Castello-Branco

Círculo Eleitoral Porto

News image

Ana Rita Bessa

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Filipe Anacoreta Correia

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Ilda Araújo Novo

Círculo Eleitoral Viana do Castelo

News image

Isabel Galriça Neto

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

João Gonçalves Pereira

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

João Pinho de Almeida

Círculo Eleitoral Aveiro

News image

João Rebelo

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Patrícia Fonseca

Círculo Eleitoral Santarém

News image

Pedro Mota Soares

Círculo Eleitoral Porto

News image

Vânia Dias da Silva

Círculo Eleitoral Braga