Tancos: Cristas reafirma que cabe à AR apurar responsabilidades políticas
Terça, 06 Novembro 2018 14:46    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

assuncao cristas press mondegoA líder do CDS-PP Assunção Cristas reafirmou hoje que cabe à Assembleia da República apurar eventuais responsabilidades políticas no caso do furto e reaparecimento de armamento em Tancos.

"O que me preocupa, enquanto líder do CDS, é que o trabalho de escrutínio político de tudo o que se passou em Tancos é feito através de um instrumento que nós temos que é uma comissão parlamentar de inquérito, que foi iniciativa do CDS. Este é o espaço onde nós trabalhamos, é aqui que nós temos de estar focados e empenhados em descobrir tudo o que se passou e apurar todas as responsabilidades políticas", defendeu Assunção Cristas em declarações aos jornalistas.

À margem de uma visita a campos agrícolas de Montemor-o-Velho e Coimbra, na zona do Baixo Mondego, afetados pela tempestade Leslie, a presidente centrista disse não ter "razões para duvidar das declarações de ninguém", numa alusão à posição reiterada pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, de que não sabia do alegado encobrimento relacionado com o caso de Tancos.

"O meu trabalho, o nosso espaço de trabalho, é o Parlamento, é a comissão parlamentar de inquérito. E é aí que nós apuraremos tudo", sublinhou.

Questionada sobre se poderão vir a ser pedidos esclarecimentos ao Presidente da República, Assunção Cristas não respondeu diretamente à pergunta.

"No parlamento ouviremos certamente todos os responsáveis e para nós o responsável é o Governo", argumentou a líder centrista, frisando que o executivo liderado por António Costa é quem, em primeiro lugar, tem "responsabilidades sobre a política de segurança e sobre a condução das Forças Armadas" e que cabe ao à AR escrutiná-lo.

Cristas alegou que o CDS-PP "tem tido uma posição muito clara" sobre o caso de Tancos "desde a primeira hora e não se tem desviado dessa posição um milímetro".

"Nós entendemos, de resto completamente em linha com o aquilo que o senhor Presidente da República tem dito, que é preciso apurar tudo o que se passou em Tancos. Não andámos distraídos, não andámos esquecidos, deixámos passar o tempo que considerámos essencial para que chegasse o momento de o parlamento também poder apurar a verdade e poder apurar responsabilidades políticas", concluiu.

 

História CDS

user4_pic

Conheça a história do Grupo parlamentar do CDS.

Parlamento Direto

bancada copy

Videos do Plenário, comissões e outras intervenções.

Iniciativas CDS

1 reuniao gp

Projetos de Lei e Projetos de Resolução apresentados pelo Grupo Parlamentar.

Deputados CDS

News image

Assunção Cristas

Círculo Eleitoral Leiria Presidente do CDS-PP

News image

Nuno Magalhães

Círculo Eleitoral Setúbal Presidente do Grupo Parlamentar Vice-Pres...

News image

Cecília Meireles

Círculo Eleitoral Porto Vice-Presidente do Grupo Parlamentar Vic...

News image

Telmo Correia

Círculo Eleitoral Braga Vice-Presidente do Grupo Parlamentar

News image

Hélder Amaral

Círculo Eleitoral Viseu Vice-Presidente do Grupo Parlamentar

News image

Teresa Caeiro

Círculo Eleitoral Faro Vice-Presidente da Assembleia da República

News image

António Carlos Monteiro

Círculo Eleitoral Aveiro Secretário da Mesa da Assembleia da Repúblic...

News image

Álvaro Castello-Branco

Círculo Eleitoral Porto

News image

Ana Rita Bessa

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Filipe Anacoreta Correia

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Ilda Araújo Novo

Círculo Eleitoral Viana do Castelo

News image

Isabel Galriça Neto

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

João Gonçalves Pereira

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

João Pinho de Almeida

Círculo Eleitoral Aveiro

News image

João Rebelo

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Patrícia Fonseca

Círculo Eleitoral Santarém

News image

Pedro Mota Soares

Círculo Eleitoral Porto

News image

Vânia Dias da Silva

Círculo Eleitoral Braga