CDS questiona Governo sobre alegado envenenamento de aves no Parque Natural do Douro Internacional
Segunda, 26 Novembro 2018 10:47    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

abutre od egitoNuma pergunta enviada ao Ministro do Ambiente e Transição Energética, os deputados do CDS-PP Álvaro Castello-Branco, Patrícia Fonseca e Ilda Araújo Novo querem saber se se confirma o envenenamento de duas aves no Parque Natural do Douro Internacional (PNDI).

Os deputados do CDS-PP questionam também que tipo de colaboração existe entre os elementos da GNR e dos Parques Naturais de Portugal e de Espanha na identificação e investigação deste tipo de situações, no PNDI, de que modo é feita, no PNDI, a fiscalização relativa a este tipo de situações, e se são realizadas algum tipo de ações de prevenção nas zonas onde têm sido detetados mais casos de envenenamento ao longo dos anos, com que periodicidade e quais os destinatários.

De acordo com um comunicado de 15 de novembro p.p., conjunto da Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA) e do Life Rupis - Conservação do britango e da águia-perdigueira no vale do rio Douro, «dois cadáveres de britango, ou abutre-do-Egito, foram encontrados no ninho em pleno Parque Natural do Douro Internacional (PNDI). As análises aos restos mortais destas aves indicam que foram vítimas de envenenamento».

O comunicado refere que «os britangos agora encontrados no Douro foram recolhidos por elementos do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), com o apoio da empresa Oriolus e do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) da GNR», e que «segundo as análises realizadas aos seus restos mortais, estas aves terão morrido por ingerir um veneno ilegal, o carbofurano».

A substância «terá provavelmente sido colocada em iscos espalhados no terreno com o intuito de matar animais selvagens ou assilvestrados, como de resto terá possivelmente acontecido noutros casos […]».

No mesmo comunicado, o coordenador do Life Rupis alerta para o facto de o uso ilegal ou negligente de venenos ser uma das maiores ameaças para muitas espécies protegidas em Portugal e Espanha. «E não são só os animais selvagens que correm perigo: os venenos que matam abutres também são um perigo para animais domésticos e para as pessoas».

 

História CDS

user4_pic

Conheça a história do Grupo parlamentar do CDS.

Parlamento Direto

bancada copy

Videos do Plenário, comissões e outras intervenções.

Iniciativas CDS

1 reuniao gp

Projetos de Lei e Projetos de Resolução apresentados pelo Grupo Parlamentar.

Deputados CDS

News image

Assunção Cristas

Círculo Eleitoral Leiria Presidente do CDS-PP

News image

Nuno Magalhães

Círculo Eleitoral Setúbal Presidente do Grupo Parlamentar Vice-Pres...

News image

Cecília Meireles

Círculo Eleitoral Porto Vice-Presidente do Grupo Parlamentar Vic...

News image

Telmo Correia

Círculo Eleitoral Braga Vice-Presidente do Grupo Parlamentar

News image

Hélder Amaral

Círculo Eleitoral Viseu Vice-Presidente do Grupo Parlamentar

News image

Teresa Caeiro

Círculo Eleitoral Faro Vice-Presidente da Assembleia da República

News image

António Carlos Monteiro

Círculo Eleitoral Aveiro Secretário da Mesa da Assembleia da Repúblic...

News image

Álvaro Castello-Branco

Círculo Eleitoral Porto

News image

Ana Rita Bessa

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Filipe Anacoreta Correia

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Ilda Araújo Novo

Círculo Eleitoral Viana do Castelo

News image

Isabel Galriça Neto

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

João Gonçalves Pereira

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

João Pinho de Almeida

Círculo Eleitoral Aveiro

News image

João Rebelo

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Patrícia Fonseca

Círculo Eleitoral Santarém

News image

Pedro Mota Soares

Círculo Eleitoral Porto

News image

Vânia Dias da Silva

Círculo Eleitoral Braga