CDS questiona Governo sobre ataque de aves necrófagas a gado na Beira Baixa
Segunda, 26 Novembro 2018 12:33    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

abutre pretoOs deputados do CDS-PP querem saber se os ministérios do Ambiente e Transição Energética e da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural estão a trabalhar em conjunto no sentido de ressarcir os produtores de gado afetados pelos ataques de aves necrófagas aos seus animais.

Nas perguntas enviadas ao Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural (MAFDR) e Ministro do Ambiente e Transição Energética (MATE), os deputados Patrícia Fonseca, Álvaro Castello-Branco, Ilda Araújo Novo e Hélder Amaral querem saber se o Governo tem conhecimento de ataques recentes a gado por parte de aves necrófagas na zona do Parque Natural do Tejo Internacional, e que tipo de vigilância é feita no terreno, e por quem, relativamente a estes casos.

Além de questionarem se ambos os ministérios estão a colaborar nomeadamente no que se refere ao ressarcimento dos produtores de gado afetados, os deputados do CDS-PP querem saber se o MATE confirma que não tem sido feito o abastecimento dos alimentadores existentes no Parque, nomeadamente os que existem na zona do Rosmaninhal, e como e quando vai o abastecimento ser resposto.

Chegou ao Grupo Parlamentar do CDS-PP uma queixa relativa a ataques de aves necrófagas a gado, na zona da Beira Baixa.

Este não é um caso isolado, ou inédito, já que em maio deste ano dava-se conta, na comunicação social, de ataques de abutres a gado, na zona de Rosmaninhal, em Idanha-a-Nova.

Na altura, as notícias avançavam que os abutres atacavam para comer porque os alimentadores existentes no Parque Natural do Tejo Internacional, na zona referida, não estariam a ser abastecidos.

Além dos prejuízos evidentes para os produtores locais de gado, e do perigo que estes ataques representam para os próprios animais, a falta de alimentação pode colocar em causa a sobrevivência das espécies que existem na zona, algumas delas tendo já estado em vias de extinção, como é o caso do abutre-preto.

Situado no extremo sul do concelho de Castelo Branco e no extremo sul e leste do concelho de Idanha-a-Nova, o Parque Natural do Tejo Internacional corresponde a uma faixa próxima do rio Tejo, de aproximadamente 40 quilómetros. Das espécies mais emblemáticas que o habitam salientam-se, entre outros, o abutre-do-Egito (Neophron percnopterus), o grifo (Gyps fulvus) e o abutre-preto (Aegypius monachus). 

Actualizado em ( Terça, 04 Dezembro 2018 12:59 )
 

História CDS

user4_pic

Conheça a história do Grupo parlamentar do CDS.

Parlamento Direto

bancada copy

Videos do Plenário, comissões e outras intervenções.

Iniciativas CDS

1 reuniao gp

Projetos de Lei e Projetos de Resolução apresentados pelo Grupo Parlamentar.

Deputados CDS

News image

Assunção Cristas

Círculo Eleitoral Leiria Presidente do CDS-PP

News image

Nuno Magalhães

Círculo Eleitoral Setúbal Presidente do Grupo Parlamentar Vice-Pres...

News image

Cecília Meireles

Círculo Eleitoral Porto Vice-Presidente do Grupo Parlamentar Vic...

News image

Telmo Correia

Círculo Eleitoral Braga Vice-Presidente do Grupo Parlamentar

News image

Hélder Amaral

Círculo Eleitoral Viseu Vice-Presidente do Grupo Parlamentar

News image

Teresa Caeiro

Círculo Eleitoral Faro Vice-Presidente da Assembleia da República

News image

António Carlos Monteiro

Círculo Eleitoral Aveiro Secretário da Mesa da Assembleia da Repúblic...

News image

Álvaro Castello-Branco

Círculo Eleitoral Porto

News image

Ana Rita Bessa

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Filipe Anacoreta Correia

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Ilda Araújo Novo

Círculo Eleitoral Viana do Castelo

News image

Isabel Galriça Neto

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

João Gonçalves Pereira

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

João Pinho de Almeida

Círculo Eleitoral Aveiro

News image

João Rebelo

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Patrícia Fonseca

Círculo Eleitoral Santarém

News image

Pedro Mota Soares

Círculo Eleitoral Porto

News image

Vânia Dias da Silva

Círculo Eleitoral Braga