CDS quer explicações sobre adiamento da obra da ala pediátrica do Hospital de São João, no Porto
Terça, 15 Janeiro 2019 17:26    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

pediatria sao joaoOs deputados do CDS-PP Isabel Galriça Neto, Teresa Caeiro, Ana Rita Bessa, Pedro Mota Soares, Cecília Meireles e Álvaro Castello-Branco querem saber qual o motivo do adiamento para 2020 das obras da ala pediátrica do Hospital de São João, no Porto.

Em causa está uma entrevista da Ministra da Saúde, ontem, em que, quando questionada sobre a ala pediátrica do Hospital de São João, afirmou que “até ao final do mês de abril teremos o projeto aprovado, teremos depois um ajuste direto que nos permitirá chegar à adjudicação ainda este ano, estou em crer, e portanto o lançamento da obra no início do ano que vem”.

Face às declarações da Ministra, que enorme perplexidade geraram ao Grupo Parlamentar do CDS-PP, os deputados entendem ser da maior urgência obter cabais esclarecimentos e querem saber se a titular da pasta reitera as declarações que fez na entrevista, dizendo que o lançamento da construção da ala pediátrica do Hospital de São João, no Porto, será apenas no início do ano que vem.

Depois questionam o que mudou para a Ministra ter atrasado, novamente, o arranque da obra, quais são, ao dia de hoje, os calendários precisos para todo o processo inerente a esta obra e ainda, e uma vez que o Presidente da República se tem empenhado publicamente na construção da ala pediátrica do Hospital de São João e afirmou publicamente haver condições para a obra poder arrancar até ao fim do ano, se a Ministra deu conhecimento prévio ao Presidente da República de mais este adiamento.

Os deputados do CDS-PP recordam que a 25 de dezembro, numa visita que efetuou à pediatria do Hospital de São João, no Porto, o Presidente da República fez as seguintes declarações: “Queria sublinhar que estamos no início de uma nova fase e isso é bom. E essa nova fase tem calendários muito precisos e teve uma ajuda fundamental dos Deputados à Assembleia da República, porque permitiram neste caso excecional o ajuste direto, sem concurso, para ser mais rápido, permitiram a escolha da entidade contraente sem os limites que normalmente existem e permitiram que não houvesse sequer visto prévio do Tribunal de Contas”.

Mais ainda, referiu o Presidente da República que “o que é necessário para haver o ajuste direto respeita ao primeiro semestre de 2019, porventura antes de junho de 2019, o que significa que há condições para a obra poder arrancar até ao fim do ano”.

 

História CDS

user4_pic

Conheça a história do Grupo parlamentar do CDS.

Parlamento Direto

bancada copy

Videos do Plenário, comissões e outras intervenções.

Iniciativas CDS

1 reuniao gp

Projetos de Lei e Projetos de Resolução apresentados pelo Grupo Parlamentar.

Deputados CDS

News image

Assunção Cristas

Círculo Eleitoral Leiria Presidente do CDS-PP

News image

Nuno Magalhães

Círculo Eleitoral Setúbal Presidente do Grupo Parlamentar Vice-Pres...

News image

Cecília Meireles

Círculo Eleitoral Porto Vice-Presidente do Grupo Parlamentar Vic...

News image

Telmo Correia

Círculo Eleitoral Braga Vice-Presidente do Grupo Parlamentar

News image

Hélder Amaral

Círculo Eleitoral Viseu Vice-Presidente do Grupo Parlamentar

News image

Teresa Caeiro

Círculo Eleitoral Faro Vice-Presidente da Assembleia da República

News image

António Carlos Monteiro

Círculo Eleitoral Aveiro Secretário da Mesa da Assembleia da Repúblic...

News image

Álvaro Castello-Branco

Círculo Eleitoral Porto

News image

Ana Rita Bessa

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Filipe Anacoreta Correia

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Ilda Araújo Novo

Círculo Eleitoral Viana do Castelo

News image

Isabel Galriça Neto

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

João Gonçalves Pereira

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

João Pinho de Almeida

Círculo Eleitoral Aveiro

News image

João Rebelo

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Patrícia Fonseca

Círculo Eleitoral Santarém

News image

Pedro Mota Soares

Círculo Eleitoral Porto

News image

Vânia Dias da Silva

Círculo Eleitoral Braga