CGD: CDS avança com nova comissão parlamentar de inquérito
Terça, 29 Janeiro 2019 22:27    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

joao almeida 2016O CDS-PP vai propor uma nova comissão parlamentar de inquérito à situação da Caixa Geral de Depósitos (CGD), disse hoje à Lusa o vice-presidente da bancada dos centristas João Almeida.

Esta decisão foi anunciada depois de o Ministério Público ter informado, hoje, “nada ter a opor” que a CGD disponibilize ao parlamento a auditoria feita pela EY à gestão do banco público.

Logo depois, o banco informou que vai enviar ao parlamento a auditoria feita pela EY, após a consultora "expurgar as questões de sigilo bancário", disse à Lusa fonte da CGD.

Em declarações à Lusa, João Almeida, também porta-voz do CDS, disse que esta comissão “é uma segunda oportunidade” para PS, Bloco de Esquerda e PCP permitirem apurar as responsabilidades sobre a situação na Caixa.

Para o deputado centrista, “o facto de ter havido uma comissão de inquérito e haver uma auditoria que é exaustiva de apuramento de factos e práticas”, e afastados que estão os “entraves do passado”, dá oportunidade aos partidos de esquerda para se concluir quem tem responsabilidades.

O CDS-PP tem acusado os partidos de esquerda de, há cerca de dois anos, terem acabado com a comissão de inquérito antes de chegar àquela comissão a auditoria que agora vai ser enviada, que tinha uma decisão favorável do Ministério Público.

O objeto da nova comissão de inquérito, segundo os centristas, “é o mesmo da anterior”, havendo agora “mais informações e facto novos” com a auditoria que agora será enviada à Assembleia da República.

Segundo João Almeida, trata-se de finalizar “o trabalho que há dois anos PCP, BE e PS não deixaram concluir” e os objetivos são os mesmos da anterior comissão.

É um inquérito “em defesa dos contribuintes no apuramento da verdade”, de modo a existirem “consequências para quem causou tanto prejuízo aos contribuintes e para que este tipo de situações não volte a repetir-se”, explicou.

Para João Almeida, “as necessidades de recapitalização da CGD” podem agora “ser mais profundamente apuradas e também as responsabilidades na concessão de crédito, nos processos que originaram as imparidades e que motivaram a recapitalização, e o esforço dos contribuintes”.

O vice-presidente da bancada do CDS admitiu que “é indiscutível” que o tempo para fazer o inquérito parlamentar “é um constrangimento”.

O facto de “já ter havido uma comissão de inquérito e haver uma auditoria, que é um trabalho exaustivo de apuramento de factos, de práticas e responsabilidades”, poderá permitir concluir esse apuramento de responsabilidades antes de julho, antes do fim da sessão legislativa.

Na segunda-feira, o presidente do PSD revelou estar a “avaliar” a possibilidade de pedir uma comissão parlamentar de inquérito à Caixa Geral de Depósitos, notando que a esquerda cortou “abruptamente” a anterior “antes que doesse a alguém”.

Rui Rio lembrou que a “última comissão” relativa à CGD “foi abruptamente cortada pelo PCP, BE e PS”, pelo que é um “discurso um bocado hipócrita pedirem [uma avaliação] doa a quem doer”, quando “encerraram a comissão antes que doesse a alguém”.

Já hoje, o deputado do PS João Paulo Correia afirmou-se disponível para propor uma nova comissão parlamentar de inquérito, desde que seja possível começar e acabar a averiguação nesta legislatura.

Uma versão da auditoria da EY à CGD relativa ao período 2000-2015, com data de dezembro de 2017, refere que os administradores do banco público receberam "remuneração variável" e "voto de confiança", mesmo com resultados negativos.

A auditoria aponta "importantes insuficiências" organizacionais que poderão ter contribuído para decisões pouco fundamentadas na concessão de crédito e detetou sete operações de concessão de crédito com risco grave ou elevado e perdas, só nestas, de mais de 1.000 milhões de euros, entre as quais as operações de financiamento da fábrica da La Seda de Barcelona, em Sines.

 

História CDS

user4_pic

Conheça a história do Grupo parlamentar do CDS.

Parlamento Direto

bancada copy

Videos do Plenário, comissões e outras intervenções.

Iniciativas CDS

1 reuniao gp

Projetos de Lei e Projetos de Resolução apresentados pelo Grupo Parlamentar.

Deputados CDS

News image

Assunção Cristas

Círculo Eleitoral Leiria Presidente do CDS-PP

News image

Nuno Magalhães

Círculo Eleitoral Setúbal Presidente do Grupo Parlamentar Vice-Pres...

News image

Cecília Meireles

Círculo Eleitoral Porto Vice-Presidente do Grupo Parlamentar Vic...

News image

Telmo Correia

Círculo Eleitoral Braga Vice-Presidente do Grupo Parlamentar

News image

Hélder Amaral

Círculo Eleitoral Viseu Vice-Presidente do Grupo Parlamentar

News image

Teresa Caeiro

Círculo Eleitoral Faro Vice-Presidente da Assembleia da República

News image

António Carlos Monteiro

Círculo Eleitoral Aveiro Secretário da Mesa da Assembleia da Repúblic...

News image

Álvaro Castello-Branco

Círculo Eleitoral Porto

News image

Ana Rita Bessa

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Filipe Anacoreta Correia

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Ilda Araújo Novo

Círculo Eleitoral Viana do Castelo

News image

Isabel Galriça Neto

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

João Gonçalves Pereira

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

João Pinho de Almeida

Círculo Eleitoral Aveiro

News image

João Rebelo

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Patrícia Fonseca

Círculo Eleitoral Santarém

News image

Pedro Mota Soares

Círculo Eleitoral Porto

News image

Vânia Dias da Silva

Círculo Eleitoral Braga