Assunção Cristas afirma que questões de ética e bom senso "não são do domínio da lei"
Sexta, 12 Abril 2019 21:35    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

assuncao cristas press torres novasA líder do CDS-PP disse hoje compreender que o Presidente da República exerça a sua “magistratura de influência”, mas considerou que questões de “ética e bom senso”, como as nomeações de familiares, “não são do domínio da lei".

Assunção Cristas, que hoje visitou a Frusel, Fábrica de Frutos Secos, em Torres Novas (Santarém), na companhia do candidato do partido às eleições europeias Nuno Melo, afirmou ser “impossível” que “questões que não são do domínio da lei” se possam resolver legislando.

“Por mais detalhada que a lei fosse, haveria sempre situações a serem colocadas por fora”, disse, considerando “uma desfaçatez” que tenha sido o presidente do PS, Carlos César, a apresentar a proposta do partido, “ele próprio com tantos familiares em tantas áreas do Estado, seja a nível nacional seja a nível regional”.

Questionada sobre a iniciativa do Presidente da República, que elaborou uma proposta de lei impossibilitando a nomeação de qualquer familiar para qualquer função na Presidência da República, a enviar ao Governo, Assunção Cristas disse compreender que Marcelo Rebelo de Sousa exerça a sua “magistratura de influência, também em diálogo com o Governo”.

“Agora, o legislador é o parlamento e é também o Governo. Veremos. Se o Governo apresentar alguma proposta de lei nesse sentido, lá estaremos no parlamento para a discutir, mas volto a sublinhar, no nosso entender, questões de ética e de bom senso, por muito bem que uma lei seja feita, não serão certamente todas tratadas e, sobretudo, tem um risco muito grande, que é de dar a aparência de que agora tudo está bem e o que foi feito, e mal feito, de repente aparece limpo e clarificado”, declarou.

Para a líder do CDS-PP, que referiu o caso da nomeação e exoneração do marido da secretária de Estado da Cultura, "no mesmo Diário da República", este "abuso do Partido Socialista, que se instala no Estado como se fosse a sua casa, primeiro à vontade e depois à vontadinha, só tem uma solução que é uma forte censura nas urnas” já em 26 de maio, data em que realizam as eleições europeias.

Sobre a proposta apresentada hoje pelo PSD, para contabilização de todo o tempo de serviço dos professores, em termos a definir pelo Governo, Assunção Cristas afirmou que o seu partido mantém a mesma posição, a de que "todo o tempo tem que ser contado" e de que “são justas as reivindicações dos professores”.

“Deve ser pago olhando para as diferentes possibilidades e negociando com os professores a forma de fazer esse pagamento, faseado no tempo e também trazendo outros assuntos para discussão, como reformas antecipadas, a avaliação e as dinâmicas das carreiras”, declarou.

Assunção Cristas afirmou que essa será a posição que o CDS-PP vai defender na discussão no parlamento, adiantando acreditar que será o próximo Governo a resolver o problema.

Actualizado em ( Segunda, 15 Abril 2019 21:38 )
 

História CDS

user4_pic

Conheça a história do Grupo parlamentar do CDS.

Parlamento Direto

bancada copy

Videos do Plenário, comissões e outras intervenções.

Iniciativas CDS

1 reuniao gp

Projetos de Lei e Projetos de Resolução apresentados pelo Grupo Parlamentar.

Deputados CDS

News image

Assunção Cristas

Círculo Eleitoral Leiria Presidente do CDS-PP

News image

Nuno Magalhães

Círculo Eleitoral Setúbal Presidente do Grupo Parlamentar Vice-Pres...

News image

Cecília Meireles

Círculo Eleitoral Porto Vice-Presidente do Grupo Parlamentar Vic...

News image

Telmo Correia

Círculo Eleitoral Braga Vice-Presidente do Grupo Parlamentar

News image

Hélder Amaral

Círculo Eleitoral Viseu Vice-Presidente do Grupo Parlamentar

News image

Teresa Caeiro

Círculo Eleitoral Faro Vice-Presidente da Assembleia da República

News image

António Carlos Monteiro

Círculo Eleitoral Aveiro Secretário da Mesa da Assembleia da Repúblic...

News image

Álvaro Castello-Branco

Círculo Eleitoral Porto

News image

Ana Rita Bessa

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Filipe Anacoreta Correia

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Ilda Araújo Novo

Círculo Eleitoral Viana do Castelo

News image

Isabel Galriça Neto

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

João Gonçalves Pereira

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

João Pinho de Almeida

Círculo Eleitoral Aveiro

News image

João Rebelo

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Patrícia Fonseca

Círculo Eleitoral Santarém

News image

Pedro Mota Soares

Círculo Eleitoral Porto

News image

Vânia Dias da Silva

Círculo Eleitoral Braga