Pedido de audição do Presidente do INEM, na Comissão Parlamentar de Saúde
Segunda, 01 Julho 2019 20:57    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

inemExmo. Senhor Presidente Comissão Parlamentar de Saúde,

O Instituto Nacional de Emergência Médica, I.P. (INEM) tem vindo a registar inúmeros atrasos no atendimento das chamadas de emergência. Estes atrasos estarão, alegadamente, relacionados com a falta de recursos humanos suficientes, nomeadamente, de técnicos de emergência pré-hospitalar (TEPH), nos CODU.

De acordo com notícias vindas hoje a público, durante o passado mês de Junho, houve períodos em que o tempo médio de atendimento das chamadas foi entre 6 e 8 minutos.

Apesar de, segundo as mesmas notícias, o INEM ter justificado estes tempos de atendimento das chamadas como sendo “picos de serviço”, “situações absolutamente pontuais que representam exceções àquela que é a atuação do CODU”, o CDS-PP relembra que, já em 2017, o Presidente do INEM foi ouvido, a Requerimento do CDS-PP, na Comissão de Saúde, precisamente porque os tempos de atendimento das chamadas estavam a disparar tendo, naquela altura, chegado aos 63 segundos.

Repetimos que, segundo as notícias de hoje, os tempos de atendimento chegaram agora aos 8 minutos.

E relembramos que o tempo de atendimento recomendado é de 7 segundos.

Ora, a confirmarem-se estes tempos de atendimento das chamadas de emergência e a falta de TEPH suficientes nos CODU, o Grupo Parlamentar do CDS-PP entende que estamos perante uma situação grave que urge clarificar e esclarecer cabalmente.

E entendemos, também, que o recente anúncio da contratação 150 TEPH não vai resolver no imediato este grave problema uma vez que, como se sabe, com o tempo de formação que estes profissionais terão de ter, só estarão operacionais daqui a bastante mais de 6 meses. Acresce que estes novos 150 TEPH não serão sequer suficientes para fazer face às necessidades, pois faltarão mais de 400 TEPH no INEM.

Assim, e uma vez que poderá estar comprometida a resposta em tempo útil às vítimas, entendemos que é essencial que o Presidente do INEM preste esclarecimentos a esta Comissão sobre o que realmente se está a passar.

De resto, o que tem vindo a acontecer no INEM é reflexo do que se tem estado a passar no Serviço Nacional de Saúde e que o CDS-PP não se cansa de denunciar: o acesso dos portugueses aos cuidados de saúde de que precisam, com qualidade e em tempo útil, está efetivamente comprometido.

Neste sentido e, ao abrigo dos Artigos 102.º e dos números 1, 2 e 3 do 104.º do Regimento da Assembleia da República, o CDS-PP vem requerer a V. Exa. que providencie uma audição na Comissão Parlamentar de Saúde com o Presidente do Instituto Nacional de Emergência Médica, I.P., com o objetivo de explicar a esta Comissão qual a situação atual do INEM, os reais tempos de resposta às chamadas de emergência e se está, de algum modo, ameaçado o socorro atempado às vítimas.

Com os melhores cumprimentos

Isabel Galriça Neto

Teresa Caeiro

Ana Rita Bessa

 

Palácio de S. Bento, 1 de Julho de 2019

Actualizado em ( Segunda, 01 Julho 2019 21:00 )
 

Deputados CDS

News image

Cecília Meireles

Círculo Eleitoral Porto Presidente do Grupo Parlamentar

News image

Ana Rita Bessa

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Assunção Cristas

Círculo Eleitoral Lisboa Presidente do CDS-PP

News image

João Pinho de Almeida

Círculo Eleitoral Aveiro

News image

Telmo Correia

Círculo Eleitoral Braga