CDS apresenta Voto de Congratulação pelo reconhecimento do Santuário do Bom Jesus do Monte, em Braga, como Património Mundial da UNESCO
Quinta, 11 Julho 2019 09:35    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

bom jesusO CDS apresentou na Assembleia da República um Voto de Congratulação, associando-se ao sentimento de júbilo nacional, com o reconhecimento do Santuário do Bom Jesus do Monte, em Braga, como Património Mundial da UNESCO.

O CDS sempre defendeu a classificação do Monumento, por reconhecer o seu inestimável valor cultural, histórico e religioso.

Por diversas vezes, na anterior e na atual legislaturas, o Grupo Parlamentar do CDS apresentou iniciativas para que o Governo apoiasse a candidatura do Santuário do Bom Jesus do Monte a Património Mundial da UNESCO, congratulando-se, agora, com a sua classificação.

O Santuário do Bom Jesus do Monte, em Braga, constitui um conjunto arquitetónico e paisagístico construído e reconstruído ao longo de 600 anos, que evidencia os estilos barroco, rococó e neoclássico. Compõe-se de um “Sacro Monte”, de um longo percurso de via-sacra, que se estende pela encosta do Monte Espinho atravessando a mata, de capelas que abrigam conjuntos escultóricos evocativos da morte e ressurreição de Cristo, fontes e estátuas alegóricas, da Basílica, culminando no “Terreiro dos Evangelistas”. Conforme descrito na página da Direção-Geral do Património Cultural, o Santuário do Bom Jesus do Monte “é uma expressão única da articulação do material e do intangível da dimensão sagrada da vida humana e uma manifestação completa e complexa do génio construtivo humano.”

O monumento passa assim a integrar a Lista do Património Mundial, que distingue bens de valor universal excecional, contribuindo, ainda, para a sua ampla divulgação e maior preservação e proteção do valor destes monumentos, enquanto património de toda a Humanidade.

O texto apresentado pelo CDS – e que será votado em plenário no próximo dia 19 – sugere que a Assembleia da República se regozije e felicite, por tão honrosa distinção, todos os que no passado construíram e preservaram tais monumentos. E felicita também aqueles que, no presente, trabalharam para que fosse possível tal reconhecimento, nomeadamente os promotores, os autarcas, os diplomatas, as autoridades civis e eclesiásticas.

 

Deputados CDS

News image

Cecília Meireles

Círculo Eleitoral Porto Presidente do Grupo Parlamentar

News image

Ana Rita Bessa

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Assunção Cristas

Círculo Eleitoral Lisboa Presidente do CDS-PP

News image

João Pinho de Almeida

Círculo Eleitoral Aveiro

News image

Telmo Correia

Círculo Eleitoral Braga