CDS quer saber que cursos de formação profissional têm mais emprego
Sexta, 28 Junho 2019 00:00    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

conf imprensa adolfo assuncao ceciliaNa quarta proposta do programa eleitoral, os centristas defendem que é "urgente" mudar a forma como é feita a formação profissional em Portugal. O CDS-PP propõe adaptar a oferta formativa à procura, aferindo o grau de empregabilidade dos cursos de formação profissional através de um ranking, sem perder de vista as indústrias exportadoras e à economia digital.

Em declarações à TSF, Adolfo Mesquita Nunes, responsável pelo programa eleitoral centrista, considera que a formação "não está alinhada com as necessidades das empresas".

O CDS avança, por isso, com propostas para atualizar o catálogo nacional de qualificações e para "reformular e valorizar" a participação dos centros de formação de gestão participada para se "formarem recursos humanos" em áreas como a indústria exportadora.

De acordo com a proposta do CDS, o Instituto do Emprego e da Formação Profissional (IEFP) seria obrigado a publicar dados atualizados sobre empregabilidade e vencimentos médios das profissões.

Esta é a quarta medida do programa eleitoral para as legislativas de outubro a ser divulgada pelo CDS, que promete divulgar, nos próximos meses, uma proposta com regularidade semanal ou de dez em dez dias.

 

Fonte: TSF

 

Deputados CDS

News image

Cecília Meireles

Círculo Eleitoral Porto Presidente do Grupo Parlamentar

News image

Ana Rita Bessa

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Assunção Cristas

Círculo Eleitoral Lisboa Presidente do CDS-PP

News image

João Pinho de Almeida

Círculo Eleitoral Aveiro

News image

Telmo Correia

Círculo Eleitoral Braga