CDS questiona Governo sobre bolsas de estudo a estudantes com incapacidade igual ou até 60%
Sexta, 02 Agosto 2019 14:35    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

ana rita bessa capital ISHNuma pergunta dirigida ao Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, as deputadas do CDS-PP Ana Rita Bessa e Ilda Araújo Novo querem confirmação do corte nas bolsas de estudo a estudantes com incapacidade igual ou até 60% e querem saber quando é que foi tomada esta decisão e porque é que só agora, aquando das matrículas, é que estes estudantes bolseiros estão a ser avisados do corte, e qual o fundamento para este corte.

As deputadas questionam depois se o Ministro não considera que esta medida revela a total insensibilidade do Governo, e nomeadamente do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, e promove a exclusão social em vez de incluir estes estudantes na vida académica e ativa.

Depois, Ana Rita Bessa e Ilda Araújo Novo querem saber se há ainda, ou não, possibilidade de reverter esta decisão, pelo menos para o próximo ano letivo, para permitir a estes estudantes bolseiros encontrar uma alternativa.

Soube-se esta semana que os alunos com deficiência a frequentar mestrado ou doutoramento terão, já no próximo ano letivo, cortes nas bolsas de estudo, e que o valor dos apoios será equivalente ao recebido pelos alunos de licenciatura.

Até agora, e independentemente de frequentarem licenciatura, mestrado ou doutoramento, os estudantes com incapacidade igual ou até 60% recebiam uma bolsa de estudo pelo menos equivalente ao valor da sua propina (cerca de três mil euros no caso de doutoramento).

A nova lei estipula que vão receber apenas 872 euros, que corresponde ao valor da propina máxima para licenciado.

Trata-se de uma alteração que a todos apanhou de surpresa, já que não houve, tanto quanto se saiba, uma alteração ao regulamento de atribuição de bolsas de estudo, e os alunos só agora estão a ser informados aquando da matrícula.

O CDS-PP considera que esta situação demonstra – à semelhança de outras – uma total insensibilidade social por parte do Governo que, em vez de promover a inclusão potencia a exclusão, e entende, por isso, que é pertinente obter esclarecimentos por parte do Senhor Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

 

Deputados CDS

News image

Cecília Meireles

Círculo Eleitoral Porto Presidente do Grupo Parlamentar

News image

Ana Rita Bessa

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Assunção Cristas

Círculo Eleitoral Lisboa Presidente do CDS-PP

News image

João Pinho de Almeida

Círculo Eleitoral Aveiro

News image

Telmo Correia

Círculo Eleitoral Braga