Como vai o Ministério da Educação garantir equidade entre as médias dos alunos de escolas regidas por diferentes regimes?
Sábado, 02 Maio 2020 16:46    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

ana rita bessa 2020A deputada do CDS-PP Ana Rita Bessa quer saber como vai o Ministério da Educação garantir equidade entre as médias dos alunos de escolas regidas por diferentes regimes.

Um esclarecimento da Direção-Geral de Educação (DGE) refere que os alunos que frequentaram o 10.º ano de escolaridade ou o 1.º ano do ciclo de formação, no ano letivo 2017-2018, nas escolas do projeto-piloto do PAFC (Projeto de Autonomia e Flexibilidade Curricular), terão, na sua classificação interna final, as classificações das disciplinas de Cidadania e Desenvolvimento e de Educação Física integradas.

Há, deste modo, um fosso entre as médias dos alunos que frequentaram escolas regidas por diferentes regimes, pois, naquelas em que o referido projeto não estava em vigor, têm menos duas disciplinas a contar para a média final.

Por outro lado, como Cidadania e Desenvolvimento era uma disciplina nova, não havia critérios específicos de avaliação, podendo existir inflação de notas, bem como no caso da Educação Física.

O mesmo esclarecimento da DGE refere que a classificação de Cidadania e Desenvolvimento só terá efeitos se melhorar a média dos alunos, o que resulta numa desigualdade ainda maior.

 

Deputados CDS

News image

Telmo Correia

Círculo Eleitoral Braga Presidente do Grupo Parlamentar  

News image

Ana Rita Bessa

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Cecília Meireles

Círculo Eleitoral Porto  

News image

João Gonçalves Pereira

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

João Pinho de Almeida

Círculo Eleitoral Aveiro