CDS-PP congratula-se com a decisão do Governo em seguir a sua recomendação e facilitar a candidatura de alunos das comunidades portuguesas ao ensino superior
Quinta, 20 Agosto 2020 16:15    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

ana rita bessa 2016O CDS-PP congratula-se com a decisão do Governo em seguir a sua recomendação e facilitar a candidatura de alunos das comunidades portuguesas ao ensino superior. Com esta medida, o Governo aplica o estipulado na Resolução da Assembleia da República n.º 155/2019 que, fruto de um projeto do CDS-PP, recomenda ao Governo a criação de um regime de incentivos para os lusodescendentes e portugueses emigrados que pretendem frequentar o ensino superior público português.

Este projeto do CDS-PP foi aprovado, por unanimidade, na legislatura passada, e propunha a criação de um grupo de trabalho com mandato de estabelecer e divulgar os procedimentos e o calendário para que filhos de emigrantes e lusodescendentes devem tomar para acesso simplificado via o contingente especial, e de agilizar os processos de reconhecimento das equivalências e dos certificados de conclusão do ensino não superior emitidos por outros países.

Já nesta legislatura, e face ao atraso do Governo em concretizar estas medidas, o CDS-PP deu entrada de um segundo projeto, recomendando ao Governo a criação de um regime de incentivos para os lusodescendentes e portugueses emigrados que pretendam frequentar o ensino superior público em Portugal.

É por isso com satisfação que o CDS-PP recebeu a notícia de que «os candidatos ao ensino superior português provenientes da comunidade emigrante passam a poder fazer reconhecimento do ensino secundário nos seus países de origem, através de um pedido feito à Direção-Geral de Educação ou, se necessário, nos serviços consulares a partir do país de residência, agilizando assim o processo burocrático.»

O CDS-PP defende que o Estado português deve estreitar cada vez mais as relações com a diáspora, promovendo a língua e a cultura portuguesas, assim como facilitar aos portugueses a viver no estrangeiro, o acesso ao ensino, nomeadamente às instituições de ensino superior portuguesas, nos vários ciclos de ensino – desde logo, mas não só, como uma das formas de mitigar os efeitos negativos da demografia a curto prazo.

Por isso é essencial divulgar junto das comunidades portuguesas residentes no estrangeiro as oportunidades e os processos para ingresso e frequência no ensino superior português para luso-descendentes.

 

Leia o projeto inicial do CDS-PP, de março de 2019, aprovado por unanimidade, e recomendando ao Governo a clarificação de procedimentos para captar candidatos lusodescendentes e emigrantes para as instituições de ensino superior portuguesas >> https://bit.ly/3aHQziy, bem como a consequente Resolução da AR 155/2019 >> https://bit.ly/3giXYpM

E leia também o projeto do CDS-PP, de dezembro de 2019, recomendando ao Governo a criação de um Regime de Incentivos para lusodescendentes e portugueses emigrados que pretendam frequentar Instituições de Ensino Superior Públicas em Portugal >> https://bit.ly/31fHkmK   

Actualizado em ( Quinta, 20 Agosto 2020 16:24 )
 

Deputados CDS

News image

Telmo Correia

Círculo Eleitoral Braga Presidente do Grupo Parlamentar  

News image

Ana Rita Bessa

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Cecília Meireles

Círculo Eleitoral Porto  

News image

João Gonçalves Pereira

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

João Pinho de Almeida

Círculo Eleitoral Aveiro