Ana Rita Bessa questiona ministra sobre processo de aquisição de obras de arte contemporânea
Quinta, 10 Setembro 2020 16:54    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

ana rita bessa folha amaliaNuma pergunta dirigida à ministra da Cultura, a deputada do CDS-PP Ana Rita Bessa quer saber qual o valor de aquisição de cada uma das 65 obras de arte adquiridas pelo Ministério através da Comissão para a Aquisição de Arte Contemporânea (2020), e se as aquisições foram feitas diretamente aos artistas ou através de intermediação.

No(s) caso(s) de intermediação na aquisição de obras, Ana Rita Bessa quer saber quem foi/foram o(s) intermediário(s) e quais os critérios adotados para a sua escolha e, ainda, quais as condições negociais destas aquisições, tanto para o Estado, como para os artistas, bem como para o(s) intermediário(s).

A 27 de julho, a Senhora Ministra da Cultura participou na cerimónia de apresentação das obras de arte adquiridas pelo Ministério através da Comissão para a Aquisição de Arte Contemporânea (2020).

Um investimento de 500 mil euros, num total de 65 obras de 57 artistas nacionais, incluindo três duplas, de acordo com a lista divulgada no Portal do Governo. No ano passado foram compradas 21 obras no valor de 300 mil euros.

Na altura, a Senhora Ministra da Cultura anunciou também que o trabalho da próxima Comissão será reforçado com 150 mil euros, num total de 650 mil euros para aquisições, frisando a intenção de que até ao final do mandato esse valor chegue a um milhão de euros.

O CDS-PP considera muito relevante – e saúda - o esforço feito pelo Governo no investimento em artistas portugueses e na arte contemporânea nacional. Entendemos ser determinante que se concretizem políticas de aquisição e de investimento em artistas portugueses dando, assim, o exemplo e demonstrando confiança no valor dos nossos artistas ao integrá-los na Coleção de Arte do Estado.

Estimular a criação artística e fomentar a fruição cultural são, no entender do CDS-PP, políticas públicas essenciais.

No entanto, tratando-se de dinheiros públicos, e na prossecução da boa prática da transparência em matéria de aquisições do Estado, entendemos pertinente questionar a Senhora Ministra da Cultura.

 

Deputados CDS

News image

Telmo Correia

Círculo Eleitoral Braga Presidente do Grupo Parlamentar  

News image

Ana Rita Bessa

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Cecília Meireles

Círculo Eleitoral Porto  

News image

João Gonçalves Pereira

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

João Pinho de Almeida

Círculo Eleitoral Aveiro