CDS chama ministro Santos Silva ao Parlamento para discutir situação em Moçambique
Quarta, 18 Novembro 2020 19:37    PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

telmo 2020Telmo Correia, líder parlamentar do CDS, requereu hoje à Comissão de Negócios Estrangeiros e das Comunidades Portuguesas a audição, no Parlamento, do Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, sobre a situação vivida no norte de Moçambique, particularmente na província de Cabo Delgado.

No mesmo requerimento, Telmo Correia frisa que pretende também uma discussão política sobre o assunto.

Um dos maiores problemas que África atravessa atualmente é a situação vivida em Moçambique, devido aos ataques perpetrados por uma célula do Daesh.

Segundo a Amnistia Internacional são já mais de dois mil mortos e 300 mil deslocados da província de Cabo Delgado, desde outubro de 2017.

Ainda recentemente, a 28 de outubro, o Bispo de Pemba, D. Luiz Lisboa, reconheceu que a situação no território tende a deteriorar-se rapidamente, em virtude da chegada constante de deslocados à região, referindo que seriam já “cerca de 10 mil pessoas só nos últimos dias”, e que mais “continuam a chegar”, e acrescentando que “esta é uma crise humanitária muito forte para a qual nós pedimos, nós imploramos ajuda e solidariedade da comunidade moçambicana e da comunidade internacional”.

Adiantou também que “são deslocados que estão a fugir das cidades vizinhas e das ilhas”.

Referiu ainda que “essas pessoas, às vezes, ficam nas embarcações, três, quatro dias no mar. Então, chegam desidratadas, chegam doentes. Já houve partos durante a viagem. É uma situação muito difícil”.

Já em abril D. Luiz Lisboa disse que "as Nações Unidas têm obrigação de ajudar", tal "como outros povos, a CPLP e outros países em geral, podem ajudar a amenizar o sofrimento desse povo", referindo ainda que Portugal "pela ligação que tem a Moçambique, tem também uma responsabilidade naquilo que puder ajudar, sobretudo na questão humanitária".

Nestes termos, o CDS entende que o Parlamento português não se pode aliar deste grave problema humanitário e, nesse sentido, à semelhança do que já aconteceu anteriormente, com temas com a situação na Venezuela ou a cooperação europeia no combate ao terrorismo em África, solicitou ao presidente da CNECP uma discussão política sobre a situação vivida no norte de Moçambique, particularmente na província de Cabo Delgado.

O CDS entende também que é essencial, para o eficaz acompanhamento pela Assembleia da República, particularmente da CNECP, que seja realizada uma audição do Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros sobre o mesmo assunto.

 

Deputados CDS

News image

Telmo Correia

Círculo Eleitoral Braga Presidente do Grupo Parlamentar  

News image

Ana Rita Bessa

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

Cecília Meireles

Círculo Eleitoral Porto  

News image

João Gonçalves Pereira

Círculo Eleitoral Lisboa

News image

João Pinho de Almeida

Círculo Eleitoral Aveiro