OE2019: Em vez de termos um ministro da Economia temos mais um Centeno
Terça, 30 Outubro 2018 12:16    Versão para impressão

nuno magalhaes 1 30-10-2018 12-16Nuno Magalhães, CDS, comentou aquela que foi a primeira intervenção de Siza Vieira como ministro da Economia classificando-a de “uma desilusão”. “Foi uma desilusão não pelo que disse mas por aquilo que não disse e que qualquer ministro da Economia devia dizer”, afirmou o líder parlamentar centrista, sublinhando que não se ouviu nem uma palavra do ministro da economia sobre a suposta redução do imposto sobre a gasolina que foi ontem anunciada por Mário Centeno.

“Sabe que a redução do imposto sobre combustíveis é essencial para as empresas e para os cidadãos que vivem no interior, mas nada diz sobre o assunto. Se calhar é porque tem a pasta do consumidor e percebeu logo que era publicidade enganosa e preferiu fingir que nada se passou”, atirou, classificando a suposta redução do imposto sobre a gasolina como “mais um logro deste orçamento”, na medida em que não abrange o combustível que a maioria das pessoas e das empresas usa (o gasóleo) nem desce a gasolina o suficiente para neutralizar o aumento dos últimos anos (para isso a redução tinha de ser 4 cêntimos).

Mais: “O ministro nada diz sobre o IRC, e a ausência de matérias essenciais para as empresas no seu discurso leva-me a crer que em vez de termos um ministro da Economia temos mais um Centeno”, concluiu Nuno Magalhães.