CDS-PP quer esclarecimentos sobre estudo de impacto ambiental ao aeroporto do Montijo
Sexta, 02 Novembro 2018 12:46    Versão para impressão

aeroporto montijoO CDS-PP requereu hoje esclarecimentos do Ministério do Planeamento e das Infraestruturas sobre se é verdade que foi classificado como "desconforme" o primeiro Estudo de Impacto Ambiental (EIA) ao projeto de desenvolvimento do aeroporto do Montijo.

Este requerimento, dirigido ao ministro Pedro Marques, é assinado pela presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, e pelo deputado democrata-cristão Helder Amaral.

Entre outras questões, o CDS-PP quer saber se estão ultrapassadas todas as dificuldades apontadas ao desenvolvimento do novo aeroporto do Montijo

"É ou não verdade que na iminência de uma classificação negativa o Governo, por intermédio do Ministério do Planeamento e Infraestruturas, solicitou à ANA Aeroportos que fosse encerrado o EIA? Perante esta realidade quanto tempo de atraso sofreu o processo de construção do novo aeroporto de Lisboa?", questiona a bancada do CDS-PP.

Helder Amaral e Assunção Cristas querem ainda conhecer "quais os custos associados ao estudo encerrado e quais os custos associados ao novo pedido de EIA, incluindo Avaliação Ambiental Estratégica (AAE)".

"O Governo desconhecia que seria necessária uma forte e verdadeira avaliação ambiental e AAE? Decorre ou não da lei que tem que existir uma AAE? E qual o teor dos alertas feitos por Bruxelas e quais as medidas tomadas desde então para garantir que esta solução é possível?", pergunta ainda o CDS-PP.