CDS quer explicações na AR sobre atrasos na devolução do IVA a IPSS
Segunda, 19 Novembro 2018 23:28    Versão para impressão

filipe anacoreta correiaO CDS-PP vai chamar ao parlamento o ministro da Segurança Social, Vieira da Silva, para explicar os atrasos no reembolso do IVA a Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS).

Em declarações à Lusa, o deputado centrista Filipe Anacoreta Correia disse que o atraso no reembolso do IVA para as IPSS, hoje denunciado pela Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade Social (CNIS) e noticiado pela Rádio Renascença (RR), está a causar “muitas dificuldades”.

É uma “matéria muito preocupante para várias IPSS que estão muito estranguladas financeiramente” e, pela urgência, “é fundamental chamar o ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social para que se ultrapasse a esta situação, presente e passada”, justificou.

Para o futuro, Anacoreta Correia afirmou que o problema pode ser resolvido com a proposta do CDS para um deferimento tácito no prazo de 30 dias das faturas para a dedução do IVA.

Uma das explicações para o atraso no reembolso do IVA às IPSS é a necessidade de, nomeadamente, o Instituto de Segurança Social (ISS) validar as faturas.

“Conhecemos muitas, muitas instituições que estão a viver tempos muito, muito difíceis”, disse o deputado do CDS, recordando que a CNIS “fala em vários milhões de euros”.

Actualizado em ( Segunda, 19 Novembro 2018 23:29 )