CDS questiona Governo sobre intervenções cirúrgicas de oftalmologia na ULS da Guarda
Sexta, 20 Novembro 2020 13:13    Versão para impressão

uls guarda copyOs deputados do CDS João Pinho de Almeida e Ana Rita Bessa querem que a ministra da Saúde diga quando serão retomadas as cirurgias oftalmológicas na Unidade Local de Saúde da Guarda e se, pelo menos, está a ser garantido o encaminhamento dos utentes para SIGIC.

Desde há alguns meses que não são propostos ou inscritos doentes para cirurgia oftalmológica na Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda.

Esperava-se que, com a tomada de posse do novo Conselho de Administração, a situação pudesse ser alterada e a população servida pela ULS da Guarda pudesse voltar a contar com todos os tratamentos de que necessita, nomeadamente este da área de oftalmologia.

Infelizmente, a decisão de não inscrever mais doentes para cirurgia oftalmológica foi agora reiterada e sem prazo para o regresso à normalidade da prestação de cuidados.

O serviço de oftalmologia é um dos mais carenciados da ULS da Guarda, tendo perdido seis especialistas no último ano e meio.

O CDS-PP não pode aceitar com mais um ataque ao setor da saúde no interior do país e entende, por isso, ser urgente obter esclarecimentos por parte da Senhora Ministra da Saúde.